Museu Nossas Raízes, da Fundação Sinhá Junqueira, resgata história da região de Ribeirão Preto
10/11/2014

Localizado no núcleo residencial da Fundação, em Igarapava, espaço será aberto ao público em janeiro de 2016. Visitações pedagógicas agendadas para escolas municipais já começaram.
imagem imagens/site 4.jpg
imagem imagens/site 1.jpg
imagem imagens/site 3.jpg
A Fundação Sinhá Junqueira inaugurará, em janeiro de 2016, o Museu Nossas Raízes, um espaço que resgata a história da região de Ribeirão Preto, a partir da instalação da Usina Junqueira, em 1910, uma das primeiras em São Paulo e que marcou a virada da tradicional cafeicultura para a produção do açúcar e do álcool na região nordeste do Estado.

Localizado no núcleo residencial da Usina, construção datada da década de 1930, o Museu apresenta objetos que contam a história da companhia e suas contribuições para o crescimento das cidades no entorno. Um desses objetos é a primeira balança Toledo que chegou ao Brasil. Além disso, há documentos e fotos que abordam a cafeicultura e a atividade sucroalcooleira. 

O ambiente revisita a trajetória do Coronel Quito e sua esposa, Theolina de Andrade Junqueira, a Sinhá Junqueira, que realizaram um trabalho social para os funcionários da Usina, a célula embrionária do que hoje é a Fundação Sinhá Junqueira, cujos projetos beneficiam 25% da população de quatro cidades da região: Aramina, Guará, Igarapava e Jeriquara. 

Outro destaque do Museu é a sala “Um futuro, hoje”, onde os visitantes poderão conhecer as conquistas e desafios do passado para refletir sobre a construção do futuro, acompanhados de monitores treinados pela Fundação. 

Para a Diretora do Departamento de Turismo de Igarapava, Rosalina Moreira Leal, o Museu é um marco para a cidade. “Pra gente é extremamente importante este projeto em parceria. O espaço foi revitalizado, é moderno, as crianças que tiveram a oportunidade de visitar ficaram encantadas, muitas não conheciam o Museu”. 

O superintendente da Fundação, Valdir Crivelaro, ressalta que, com o Museu, a instituição resgata um fato importante que foi a instalação da usina, responsável por impulsionar o desenvolvimento na região. “Além disso, o Museu é importante para as pessoas que vivem na região. É a história deles.” 

O Museu Nossas Raízes deverá ser inscrito pela Fundação e pela Prefeitura de Igarapava na Secretaria de Turismo do Estado de São Paulo, para integrar o roteiro turístico oficial da região. A visitação ainda não está aberta ao público, mas escolas municipais podem agendar visitas junto à Prefeitura de Igarapava. Mais informações sobre os agendamentos podem ser obtidas pelo telefone(16) 3172-4222.

voltar
· · · TI-FSJ
Copyright ©2011 Fundação Sinhá Junqueira. Todos os direitos reservados.